3 formas de sampling de produtos em salões de beleza

Você já pensou em utilizar salões de beleza para marketing? Ações de experimentação de produtos nesse tipo de empreendimento são bastante proveitosas para todos os envolvidos: para os donos do salão, para empresas que queiram utilizá-los para promover uma marca e, em primeiro lugar, para as clientes!

Com criatividade e planejamento, os salões de beleza tornam-se a vitrine perfeita para diversos produtos! Quer saber como? Conheça 3 maneiras criativas nos próximos tópicos!

Entenda o que é marketing de experimentação

O consumidor contemporâneo não quer mais lidar com um marketing intrusivo, que aparece a qualquer momento tentando vender alguma coisa explicitamente.

O que se espera das empresas é muito mais que transações de compra e venda: são experiências positivas e marcantes de consumo.

Nada melhor que o marketing de experimentação para aproximar a sua marca do consumidor de uma maneira honesta e memorável!

O marketing de experimentação envolve colocar o consumidor diretamente em contato com a sua marca.

Há várias formas de fazer isso — quanto mais criativo você for, melhores são chances de deixar uma impressão permanente no público —, mas o essencial é simples: você deixa seus potenciais clientes provarem o produto antes de decidirem comprá-lo!

O sampling

Em bom português, sampling significa distribuir amostras grátis, uma das formas mais eficientes de marketing de experimentação. É uma ação relativamente simples, mas tem efeitos poderosos sobre o consumidor!

Todo mundo ama amostras grátis, e há razões até psicológicas para isso! No livro Previsivelmente irracional, o PhD em Psicologia Cognitiva Dan Ariely descreve experimentos com amostras oferecidas gratuitamente ao público e constata o alto fascínio que elas exercem sobre o público.

Se você oferecer amostras grátis (samples) aos seus potenciais clientes, eles vão aceitar e ficar felizes como se tivessem recebido um presente (o que, na prática, realmente receberam!).

Agora, pense em como você se sente quando é presenteado por alguém: contente pelo agrado, e, ao mesmo tempo, estimulado a retribuir. É como quando um amigo te dá um presente de aniversário — quando for o aniversário dele, você vai sentir necessidade de agradá-lo também.

Esse é o princípio da reciprocidade, explicado pelo professor emérito de Psicologia e Marketing da Universidade do Arizona Dr. Robert Cialdini no livro O poder da persuasão.

No caso do presente dado por uma empresa (o sample), a retribuição do cliente seria o preenchimento de um formulário (parabéns, você conseguiu um lead!), a opinião sobre um novo produto que você esteja lançando e, no melhor dos casos, a compra do seu produto e fidelidade à sua marca!

O teste de produto

O marketing de experimentação é particularmente importante quando sua empresa está em processo de lançar um novo produto.

É importante ter um grupo de controle para acompanhar os estudos laboratoriais do desenvolvimento da nova oferta. Mas também é essencial ver como ela vai funcionar na rua, a partir de testes de produto.

É hora de colocar o consumidor em contato com sua nova ideia na prática!

Para isso, vale uma combinação com o sampling, que fica ainda mais potente nesse caso, já que não é qualquer presente que os seus potenciais clientes recebem com essa ação, mas algo exclusivo que sequer foi lançado ainda.

Ou seja, é uma oportunidade para aumentar a confiança do público na sua marca e, ainda, estudar o que precisa ser melhorado antes de colocar o produto nas prateleiras.

Saiba como fazer ações de experimentação em salões de beleza

OK, agora você já sabe como o marketing de experimentação pode ser benéfico para sua comunicação com o público!

Mas por que escolher justamente um salão de beleza para promover essas ações? E, se a sua oferta não tiver relação com esse mercado, vale a pena investir nesses pontos mesmo assim?

Primeiro, imagine o cenário de um salão. Para sermos mais específicos, um salão que atenda ao público feminino.

Você visualizou uma recepção, provavelmente, além da qual está a parte principal do salão, com várias cadeiras ocupadas e profissionais de pé atrás delas cortando mechas e manuseando pranchas; lavatórios em que mulheres olham para o teto enquanto os cabelos são lavados; moças com mãos e pés estendidos recebendo esmaltes de várias cores.

Por cima de tudo isso, burburinho de conversa. Afinal, um salão de beleza significa um momento de relaxamento, prazer e cuidado consigo para as clientes, e o bate-papo com as manicures, cabeleireiras e outras clientes faz parte disso.

O tempo no salão de beleza (que pode durar horas) significa uma atividade cotidiana — e é justamente no cotidiano que os bens de consumo rápido se inserem!

Powered by Rock Convert

Promover ações de marketing de experimentação em salões de beleza, portanto, é uma ótima oportunidade para levar seu produto ao dia a dia da cliente.

Isso vale para produtos de beleza que podem ser testados nos próprios procedimentos estéticos e também para itens que, aparentemente, não tem nada a ver com o salão, como chocolates.

Descubra como a seguir!

Veja algumas ideias para colocar em prática

Com foco no cotidiano, é possível promover diversas ações de marketing de experimentação em salões de beleza! Confira 3 alternativas:

Sampling de produtos de outros segmentos

Qual a relação entre chocolate e salões de beleza?

Nenhuma, à primeira vista! Mas a Hershey’s pensou diferente e distribuiu mais de 100 mil amostras grátis de chocolate em 50 salões de beleza da cidade de São Paulo!

Essa é uma estratégia muito vantajosa para todos os lados envolvidos.

O cliente, em primeiro lugar, é presenteado (e, o melhor: em uma situação que não esperava!); o salão de beleza ganha a simpatia de quem o frequenta e, por fim, a Hershey’s (ou a sua marca!) alcança milhares de pessoas e distribui amostras em uma situação do dia a dia do consumidor associada ao prazer!

Além disso, você garante a escalabilidade da ação, pois consegue atingir uma gama mais específica e, ao mesmo tempo, mais volumosa de pessoas do que seria capaz com um estande em um supermercado!

Sem falar que a distribuição dos samples fica muito mais natural! No lugar de um promotor contratado especificamente para entregar amostras, a própria equipe do salão fica responsável por isso.

A cliente pode ganhar um chocolate quando estiver pagando na saída, por exemplo, ou a amostra de um café durante o próprio corte. Para ela, pode parecer que a equipe do salão foi rapidamente à padaria comprar um agrado!

Experimentação na revistaria

Quando pedimos para você imaginar um salão de beleza, uma das imagens que pode ter vindo à sua mente é a recepção de um.

Ela também pode ser um ótimo ponto para suas ações de experimentação! Especificamente, nas revistas com que as clientes se distraem enquanto esperam a vez.

Estratégias assim já apareceram na nossa lista de ações criativas de marketing.

São iniciativas como a da Nívea, que acoplou um carregador de celular em uma revista com um anúncio de protetor solar. A ação pretendia mostrar que o consumidor não precisava sair da praia para nada, se estivesse usando protetor, nem para carregar o celular!

Anúncios assim também podem funcionar em salões! Não é incomum marcas distribuírem pequenos sachês de produtos de beleza dessa forma.

O segredo para ser bem-sucedido em uma ação assim é pesquisar bem quais os tipos de publicação são mais comuns nos salões frequentados pelo seu público e investir especificamente nesse nicho.

O ponto negativo dessa estratégia é que ela dificilmente será tão escalável quanto o sampling feito diretamente pela equipe do salão, por exemplo.

Teste grátis

O sampling de produtos que não tenham relação direta com o salão de beleza tem várias vantagens, como já explicamos.

Mas amostras grátis de produtos de beleza durante o próprio tratamento das clientes também são uma boa ideia!

Isso é vantajoso principalmente para experimentar novos produtos no salão, já que permite ver na prática a quais as clientes vão se adaptar melhor. Assim, elas mesmas ajudam a planejar quais são mais vantajosos para o negócio.

Além disso, as clientes percebem o cuidado e interesse do salão em experimentar alternativas novas, o que enriquece a experiência delas e aumenta a confiança nele!

Como você percebeu, os salões de beleza são empreendimentos muito favoráveis a ações de experimentação! Chega de marketing que incomoda os clientes: é hora de um marketing que realmente esteja preocupado com as necessidades deles!

Se quiser saber mais sobre o assunto e receber dicas diretamente no seu e-mail, assine nossa newsletter!

2018-07-24T01:42:36+00:00Por |0 Comentários

Sobre o Autor:

Carla Catap Strauss, 37 anos, atua no mercado de comunicação há 17 anos. Publicitária e consultora de estilo se interessa por assuntos relacionados a comportamento e tendências de consumo. Como mãe se preocupa em colaborar para um mundo de consumo mais inteligente e que conecte genuinamente pessoas e marcas. Na Samplify atua na área de novos negócios e atendimento.

Deixar Um Comentário