Entenda o que é consumidor 4.0 e saiba como se comunicar com ele

Com o avanço da tecnologia, o consumidor mudou seus hábitos e comportamentos de forma radical. Hoje em dia, mais do que adquirir produtos ou serviços, as pessoas querem viver boas experiências. As empresas, por sua vez, precisam acompanhar essas mudanças, pois têm de se manter competitivas no mercado.

Nesse contexto, surge o consumidor 4.0. Para entendê-lo, é preciso assimilar a conjuntura da Indústria 4.0 e do Marketing 4.0. Na indústria, observa-se uma integração cada vez mais intensa entre os universos real e virtual. No marketing, o novo consumidor quer fortes razões para se envolver com uma marca.

O cliente 4.0, portanto, é aquele mais bem informado e mais exigente. Se antes eram as empresas que davam as cartas do jogo, nesse novo cenário são os compradores que ditam as regras. Em outras palavras, o consumidor 4.0 é muito ativo em suas escolhas e faz sua individualidade valer em todas suas decisões.

Neste texto, falaremos sobre as mudanças nos hábitos de consumo e como o mercado está mudando. Em seguida, explicaremos quem é o consumidor 4.0 e dar 4 dicas para você se comunicar com ele. Confira!

Como os hábitos de consumo mudaram?

As empresas se transformam à medida que seus públicos vão se modificando. Depois que o consumidor passou a ter mais acesso à informação e poder no mercado, as marcas têm se movimentado para lançar produtos e serviços que atendem às necessidades e os desejos e resolvam os problemas das pessoas.

Nesse sentido, é cada vez mais efetivo fazer minuciosos estudos sobre as motivações das pessoas, de forma que as empresas possam se movimentar para realizar entregas bem alinhadas ao estilo de vida dos consumidores.

De acordo com a pesquisa Global Consumer Insight Survey 2018, realizada pela consultoria PricewaterhouseCoopers (PwC), 41% das pessoas consultadas utiliza seus smartphones para realizar suas compras. Isso significa, portanto, que os meios online são cada vez mais importantes no dia a dia das pessoas.

O estudo também aponta que, em termos gerais, o consumo dos brasileiros aumentou. Dentro desse contexto, 57% dos brasileiros não se incomoda com o fato de um varejista monitorar seu padrão ou histórico de compras, de forma a ofertar produtos e serviços personalizados.

Quem é o consumidor 4.0?

O fato de o consumidor 4.0 ter acesso à informação fez com que a postura das empresas tivesse que mudar. Como dissemos, agora as marcas precisam se adaptar aos clientes, não só fazendo produtos diferentes, mas se comunicando da mesma forma e se mostrando presente, inovando e trabalhando de forma multicanal.

De acordo com uma pesquisa da Nielsen, por exemplo, novos lançamentos no grande consumo falham no primeiro ano. A principal razão para esse fracasso é o fato de as marcas não resolverem necessidades ou frustrações das pessoas, que estão cada vez mais exigentes em relação às novidades.

Isso só comprova que as empresas precisam saber estudar sobre seus consumidores antes de se posicionar frente ao consumidor 4.0.

Se no passado a comunicação das marcas era unilateral, agora ela é em tempo real e multifacetada. Ou seja, o consumidor deve estar no centro das estratégias das empresas.

Para se destacar dentro dessa nova realidade do mercado, vamos dar 4 dicas para você se relacionar com o consumidor 4.0. Acompanhe!

Quais as principais dicas de relacionamento com o consumidor?

1. Busque ouvir o consumidor

Em primeiro lugar, é preciso compreender quem são as pessoas que a sua empresa ter como clientes. Além de entender suas preferências, é necessário identificar quais são os valores desses clientes.

Powered by Rock Convert

Lembre-se que, mais do que escolher uma marca, o consumidor que se associar a companhias que ofereçam um valor agregado para as suas condutas sociais.

Nesse sentido, é necessário construir relações transparentes e com foco em firmar parcerias honestas e duradouras.

2. Estabeleça uma comunicação omnichannel

Para as empresas se comunicarem com seus consumidores da melhor forma possível, é necessário estabelecer uma comunicação omnichannel, ou seja, é preciso que a marca diversifique seus canais de atendimento.

Afinal de contas, os usuários estão o tempo inteiro nas redes sociais, em chats, no e-mail, no whatsapp e em diversos outros meios.

Para fazer isso, é essencial que a marca defina sua imagem organizacional, de forma que entregue o mesmo conteúdo em todos esses canais, mas adaptando a linguagem e a mensagem para cada um deles.

3. Integre os universos online e offline

Por ser nativo digital, o consumidor 4.0 espera que as marcas transitem entre os mundos online e offline de forma natural.

Isso pode acontecer, por exemplo, ao iniciar uma relação no mundo físico e migrar para o virtual. Afinal, quem nunca ouviu um “me segue lá no Instagram?”.

O grande desafio das marcas é realizar esse trabalho de forma contínua, de forma que tenha foco em proporcionar uma experiência para os consumidores que seja única e especial.

4. Utilize estratégias como o sampling

Uma excelente forma de garantir que os consumidores comprem de você no futuro é dando-lhes algo gratuitamente. Segundo uma pesquisa da Dotcom Distribution, divulgada pela empresa eMarketer Retail, brindes não apenas estimulam compras repetidas. Essa estratégia pode ser essencial para transformar clientes em defensores de uma determinada marca.

Nesse sentido, as empresas podem adotar o sampling, que em bom português significa distribuir amostras grátis.

Em linhas gerais, essa estratégia estabelece dois tipos de relações com seus potenciais consumidores: eles prestam mais atenção à sua empresa (e contribuem para a sua ativação) e associam-na a valores como confiança e generosidade.

De acordo com o estudo Product Sampling in 2018, por exemplo, o sampling representa um efetivo mix de oportunidades, com grandes possibilidades de as marcas conquistarem mais competitividades e oferecerem excelência no atendimento de forma contínua.

O que você achou dessas ideias relacionadas ao consumidor 4.0? Como vimos ao longo do texto, a tecnologia é parte fundamental da vida dessas pessoas e cabe às marcas entender isso e estabelecer estratégias para alcançá-las, sempre com foco em proporcionar a melhor experiência possível.

Uma vez que vivem boas experiências, os consumidores tendem a ser fidelizados e, consequentemente, transformados em advogados da marca. Para que a empresa mantenha sua relevância no mercado, portanto, só há um caminho: compreender os hábitos do consumidor 4.0 e se adaptar às novas tecnologias.

Se você gostou deste conteúdo, aproveite para assinar nossa newsletter e receber em sua caixa de entrada, conteúdos que podem ser essenciais para o crescimento do seu negócio.

2019-03-12T14:57:39+00:00Por |0 Comentários

Sobre o Autor:

Marcus Thadeu, 32, meio publicitário, meio economista com MBA em Mercado Financeiro pela FIPE/USP. Tem mais de 10 anos de experiência em empresas de diversos setores (BNP Paribas, Unilever, Enox), sempre medindo o resultado das coisas. Lidera a agenda de Produto da Samplify. Pós verdade, pós consumo e pós capitalismo são temas de seu interesse. Compreender Chet Baker e teoria das cordas são objetivos de longo prazo.

Deixar Um Comentário