Agile marketing: o que é e quais são os benefícios?

Em um lugar distante e nevado, entre esquiadores apaixonados às vésperas do Dia dos Namorados do Hemisfério Norte, um grupo de sábios se reuniu em um chalé para discutir os rumos de tecnologias revolucionárias, que alguns anos depois mudariam a vida de grande parte da humanidade para sempre. Era a Aliança do Agile.

Essa narrativa pode parecer apenas um truque de storytelling, mas, reduzidos os exageros, é basicamente a história do surgimento da metodologia Agile. Em meados de fevereiro de 2001, um grupo de desenvolvedores de software se reuniu em um resort de esqui no estado de Utah para debater soluções que agilizassem o desenvolvimento de sistemas em indústrias de qualquer natureza. Fun fact: eles realmente se chamavam de Aliança do Agile.

As ideias deliberadas pelo grupo se transformaram em 12 princípios para nortear o desenvolvimento de softwares. Elas foram tão impactantes que, ao longo do tempo, chegaram a diversas outras áreas — e foi assim que surgiu o Agile Marketing.

Em outro post, já conversamos sobre o que é Agile Customer Experience. Agora, você vai entender com mais profundidade o que significa ser ágil na indústria. Confira!

O que é Agile Marketing — e o que você pode aprender com ele

O Agile Marketing é uma estratégia de gestão de projetos a fim de acelerar processos e soluções, trazendo mais flexibilidade para o profissional e satisfação para o consumidor.

Mas como discussões do mundo dos desenvolvedores foram parar na agenda do Marketing?

Um dos grandes problemas do desenvolvimento de softwares na década de 90 e durante o começo dos anos 2000 era a dificuldade em entregar resultados em um tempo hábil, capaz de acompanhar o ritmo acelerado dos negócios. Especialmente em grandes empresas, processos burocratizados tornavam muito longo o caminho entre uma ideia inovadora e a entrega para o consumidor final.

Muitas vezes, a necessidade do consumidor ou da própria empresa já tinha mudado quando a ideia finalmente saía do papel, e lá se ia uma inovação por água abaixo, com desperdício de tempo e dinheiro.

No Marketing, especialmente no contexto da indústria de bens de consumo rápido, o cenário é parecido. A inovação é pré-requisito — e, se a sua empresa está se esforçando para inovar, pode ter certeza de que a concorrência também está. Mas, no cenário de grandes empresas, quantas vezes uma inovação “morre” porque se perdeu entre sucessivas reuniões, protocolos e cumprimento de formalidades?

O Agile Marketing surge para lançar luz sobre esses processos e “encurtar o caminho” entre a ideia e o produto final. Na prática, é uma revisão de processos em que se identificam os gargalos de desenvolvimento e se trabalha para eliminar qualquer etapa de trabalho desnecessária.

Os princípios do Agile Marketing — e os benefícios que ele traz

O Manifesto Agile reúne 12 princípios para guiar o desenvolvimento de softwares. Embora foquem especificamente no mundo da tecnologia, eles são adaptáveis a diversos segmentos de negócio.

Analisamos todos os enunciados e os adaptamos para os seguintes, baseados na nossa realidade como profissionais de Marketing na indústria de bens de consumo fast-moving:

  • a prioridade é gerar valor para o consumidor final;
  • adaptar processos e produtos sob novas perspectivas é sempre necessário;
  • quanto antes a inovação for feita, melhor;
  • equipes integradas e multidisciplinares são mais inovadoras;
  • profissionais que amam inovar são profissionais motivados;
  • a comunicação deve ser clara e receptiva;
  • menos dias precificando e especificando, mais dias fazendo;
  • processos ágeis levam a menos desperdício de tempo e recursos;
  • capacidade técnica aumenta a agilidade;
  • inovar não é física quântica: pode ser simples;
  • equipes auto-organizáveis trazem mais resultado.

É importante destacar que o Agile Marketing não despreza a documentação ou o planejamento. Pelo contrário! O que é evitado por essa forma de trabalho são documentos ou planos que existem por mera formalidade, etapas seguidas há anos sem revisão sobre a eficiência delas.

Sabe aquelas reuniões formais de validação que vivem sendo adiadas e vão atrasando uma inovação até ela perder o sentido? Se você trabalha em uma grande empresa com viés mais tradicional, deve saber do que estamos falando. Uma das grandes vantagens do Agile Marketing é romper com essa lógica e trazer para os processos de trabalho apenas o que realmente importa.

Na indústria de bens de consumo rápido, a grande vantagem dessa estratégia é chegar ao consumidor mais rapidamente, quando ele realmente precisa da sua inovação — e antes do concorrente, especialmente se ele estiver engessado em processos tradicionais.

Os desafios do Agile Marketing — e como aplicá-lo

A resistência da liderança e o excesso de burocracia são os grandes desafios de se trabalhar com Agile Marketing. Como já dissemos, muitos processos de inovação estão praticamente imobilizados entre as engrenagens rígidas das grandes corporações.

Não estamos defendendo uma anarquia à la Clube da Luta, mas o primeiro passo para vencer essa dificuldade é realmente entender que a empresa para a qual você trabalha tem essa postura mais quadrada, se for o caso.

Entendido isso, é necessário levantar a bandeira da inovação ágil, estudando de perto os processos por que uma ideia passa até chegar ao mercado e identificando em que ponto o fluxo costuma estagnar mais. É o momento de propor alternativas para encurtar e agilizar esses processos. Mas, claro, é necessário provar que as suas propostas realmente trazem resultado, e é nesse ponto que entra sua capacidade analítica como profissional de Marketing.

Também é fundamental entender que agilidade não imuniza ninguém a erros e que errar faz parte do processo de inovação. O Agile Marketing, nesse sentido, é interessante para tornar mais fácil e rápido aprender com erros e remediá-los. Imagine errar em uma inovação e recomeçar todo o processo com os velhos processos de sempre — é quase certo de que o produto vá parar no hall dos fracassos da indústria.

E aí, você acha que está pronto para ser ágil de verdade? Se gostou dessas dicas sobre Agile Marketing e quer ficar por dentro de outras tendências do Marketing, assine nossa newsletter agora mesmo e receba nossos conteúdos diretamente no seu e-mail!

 

2018-07-24T15:38:53+00:00Por |0 Comentários

Sobre o Autor:

Tainah Escocard, 21 anos, Futura Publicitária e Apaixonada por Marketing. Trabalha em alavancar informações e dados para fazer o trabalho tornar-se mais eficiente. Muitas equipes podem enfrentar dificuldades para acessar e gerenciar informações que precisam para desempenhar suas funções de maneira efetiva, para o profissional de marketing ter métricas é essencial para medir as ações. Não existe mais espaço no mercado para o achismo!

Deixar Um Comentário